08 dezembro, 2006

EVENTO SOBRE HALLOWEEN DISTANCIA-SE MUITO DA TRADIÇÃO

Faculdade da Cidade promove confraternização, mas foge da tradição



Wagner Ferreira

No ùltimo dia 31 do mês de outubro aconteceu na praça da Inglaterra, no Comércio uma comemoração em homenagem ao Halloween, muito comemorado na Europa e Estados Unidos. A festa teve o apoio de alunos e colaboradores da Faculdade da Cidade, que cedeu equipamentos e apoio logístico. Quem passava pela praça ou visualizava das janelas centenárias do edifício Nobre não sabia discernir o motivo da aglomeração.

Com certeza se tratava de uma festa, já que tinha pessoas agitadas pulando e curtindo os diversos gêneros musicais mixados pelos operadores de som. Mas não fazia sentido o que comemoravam. Sendo visivelmente notado que faltava algo caracterizando uma reunião de Halloween, as fantasias. Tirando a falta de originalidade a festa correu de forma ordeira e divertida, tendo muita interação entre turmas de diversos cursos. Houve sorteios de brindes e muitas pessoas dançando livremente na praça, dando até uma sensação das festas que acontecem ao ar livre chamadas de "rave".

História - Trata-se de um evento originário entre os celtas e druidas, povos que habitavam a Irlanda e a Grã -Bretanha, sendo comemorado a mais de 2500 anos. Os celtas acreditavam que na noite de 31 de outubro as leis do tempo e do espaço eram suspensas. Por causa disto, os espíritos vagavam soltos e os mortos visitavam seus antigos lares para exigirem comida. Havia também no fim de outubro o festival da colheita, conhecido como ''Samhain'', chamado também ''O Senhor dos mortos'', quando se faziam grandes fogueiras para assustar os espírito. Para que estes fossem embora, as pessoas saiam ás ruas carregando velas acesas e nabos esculpidos com rosto humanos, vestidos de modo mais assustador possível. Faziam também muito barulho.




Postar um comentário